ENLUTADOS

Publicada em 13/07/2016 às 16:30

A consternação coletiva e a indignação da comunidade santamariense em razão do brutal assassinato do jovem Vinícius Mendes, na noite de ontem, além de justa, pertinente e necessária, é representativa do seu desejo de justiça e paz. Nós, da Administração Municipal, também fazemos parte desse coro que exige segurança para Santa Maria da Vitória, mas acreditamos que não se pode imputar a um prefeito a responsabilidade, ainda que indireta, sobre uma tragédia como essa. Primeiro, por uma questão relativa às competências, já que a Constituição determina serem os estados e o Governo Federal os responsáveis pela segurança pública dos municípios. Segundo, porque, embora a atual gestão municipal não possua tal atribuição, tem, desde sempre, apoiado incondicionalmente as polícias civil e militar em todas as solicitações feitas por ambas as instituições. Disponibiliza, inclusive, entre outras coisas, vigias noturnos, pagos pela prefeitura, na carceragem da cidade e ajuda na sua limpeza e manutenção.

O Prefeito Padre Amário dos Santos Santana, e todos da equipe do Governo Municipal, lamentam profundamente o ocorrido. Vinícius e sua família merecem todo o nosso respeito, a nossa solidariedade e uma cobrança efetiva por parte da sociedade, de modo a não permitir que esse crime caia na inaceitável vala do esquecimento e das meras estatísticas.

Aproveitar-se de uma circunstância fatídica e aterradora como a ocorrida ontem, para promover ataques à pessoa do gestor, como se houvesse alguma correlação entre eles, é irresponsável e injusto. E, como já fora mencionado, um equívoco, referente à questão das atribuições. Não desperdicemos essa energia da providencial indignação, canalizando-a na direção errada. Cobremos de quem necessita ser cobrado.

O Governo Municipal de Santa Maria da Vitória presta as mais sinceras condolências à família de Vinícius Mendes e assegura que não se furtará a fazer, dentro do que seja da sua competência, tudo para apoiar as autoridades no esclarecimento do trágico fato.

O pesar é profundo e estamos extremamente entristecidos. A comoção que nos toma, a todos, neste momento, há de transformar-se em ação assertiva na luta contra o avanço da violência na cidade que tão apaixonadamente amamos.

A Gestão Governando com o Povo acionará todos os mecanismos de que dispõe para cobrar, das autoridades responsáveis pela segurança pública do município, a elucidação desse crime revoltante e a punição, por parte da justiça, dos que o cometeram.

Lamentamos muitíssimo. Que voltemos a ter paz em Santa Maria e, principalmente, que a vida de Vinícius não tenha sido ceifada em vão.